Florais de Bach

Os Florais de Bach exercem o seu efeito tratando o indivíduo e não a doença ou seus sintomas.

Atuam especificamente no estado emocional da pessoa afetada. Assim, duas pessoas com a mesma queixa, por exemplo, artrite, poderão se beneficiar tomando florais bastante diferentes. Uma pode estar resignada à doença, enquanto que a outra poderá esta impaciente com ela, por isso para cada caso serão apropriados remédios diferentes.

Os Florais ajudam a restabelecer um equilíbrio das emoções negativas.
Para se recuperar de uma doença, é preciso ter uma mente sã.
Como funcionam os Florais de Bach?

O efeito de tomar os florais não é a eliminação das atitudes negativas, mas a sua transformação em atitudes positivas, estimulando o potencial de autocura da pessoa e libertando o organismo, para lhe permitir ocupar-se plenamente da luta contra as doenças e o stress. As pessoas não precisam estar fisicamente doentes para se beneficiar dos florais. Muitos de nós passamos tempos difíceis e de fadiga em que o negativismo se instala; nesses momentos, os florais são valiosíssimos para repor o equilíbrio antes que os sintomas físicos surjam.

A história dos Florais de Bach

Os Florais de Bach foram desenvolvidos pelo Dr. Edward Bach. Bach nasceu a 24 de setembro de 1886, em Moseley, Inglaterra; cresceu mostrando grande amor pela natureza e um interesse especial em aliviar o sofrimento humano. Reconhecido médico homeopata e patologista em saúde pública, completou sua obra com a descoberta dos “Florais de Bach”, em meados de 1930 em Mont Vernon na Inglaterra.

A filosofia do Dr. Bach

A filosofia do Dr. Bach é ao mesmo tempo simples e profunda, baseando-se na perfeição nata e na natureza espiritual dos seres humanos. A doença resulta inteiramente do conflito entre o eu espiritual e o eu mortal. A saúde e a felicidade resultam do fato de estarmos em harmonia com a nossa própria natureza e de fazermos o trabalho idealmente destinado a nós como indivíduos.

Conheça os Florais de Bach